2017-03-01

'Sou visto apenas como um funcionário dedicado e prestativo' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 01/03/2017, com um ouvinte que almeja um cargo de liderança.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Sou visto apenas como um funcionário dedicado e prestativo'

liderança

Escreve um ouvinte: "Sou visto em minha empresa como um funcionário dedicado e prestativo. E só. Já faz quatro anos que estou na mesma função e nunca fui considerado para uma promoção, mesmo tendo dito a meu gestor e ao setor de RH que tenho interesse em assumir um cargo de liderança. Ninguém me diz o que me falta para conseguir esse intento. E o meu gestor tenta me animar dizendo que a nossa área não pode prescindir dos meus serviços. Isso me parece mais uma condenação do que um plano de carreira. O que pode estar me faltando?"

Vamos começar pelo que parece estar sobrando. As suas habilidades técnicas superam o que é exigido para o desempenho da sua função. O passo seguinte é mostrar a primeira coisa que as empresas querem ver em um futuro gestor: a liderança. Os sinais de que alguém será um bom líder aparecem antes da promoção.

E como alguém pode mostrar que é líder sem ter a posição de líder? Pela reação dos colegas. Há sempre um colega que é procurado para ajudar a resolver problemas ou mesmo para opinar sobre assuntos pessoais, que é ouvido e apoiado quando emite uma opinião, que é escolhido para ir conversar com o chefe em nome do grupo quando há uma reivindicação.

Avalie se isso ocorre no seu caso. Os seus colegas estão vendo você como alguém que poderá liderá-los? Se não estão, você precisa convencê-los. E isso significa fazer mais do que somente executar bem as suas tarefas.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin