2017-07-10

Empresa tem obrigação de informar que o candidato não foi escolhido - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 06/07/2017, com um ouvinte que gostaria de saber da empresa o porquê de não ter sido escolhido num processo de seleção de emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Empresa tem obrigação de informar que o candidato não foi escolhido

seleção de emprego

Escreve um ouvinte: "Eu me candidatei a uma vaga, fiz entrevistas e achei que tinha ido bem. Dias depois, recebi uma mensagem dizendo que o processo havia sido encerrado e que a empresa agradecia a minha participação nele. Só isso, uma mensagem fria que não explicava nada. Estou certo de que possuía os atributos necessários para a função e fiquei muito frustrado. Não seria uma obrigação da empresa me explicar as causas que levaram à minha rejeição?"

Vamos separar em duas partes. A primeira é que, ao contrário do que muitas empresas pensam, informar a um candidato que ele não foi o escolhido é uma obrigação. Se não legal, pelo menos moral. O candidato dedica à empresa um tempo que não pode ser ignorado e depois fica em estado de agonia esperando por uma resposta que nunca vem.

Agora, a outra parte. Ao contrário do que muitos candidatos imaginam, empresas não têm a obrigação de explicar em detalhes os motivos de uma não admissão. Cada empresa tem os seus critérios e as entrevistas servem para avaliar quem se encaixa neles, mas não é necessário abrir um assunto interno para um candidato que não foi aceito. O próprio candidato é que precisa reavaliar o seu comportamento em uma entrevista e melhorar na próxima.

Portanto, mesmo que você não tenha gostado da mensagem que recebeu, a empresa cumpriu com o papel dela, de agradecê-lo pela atenção e pelo tempo. E somente uma minoria faz isso, quando todas deveriam fazer.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin